ABREVIATURAS USADAS

CP - Celebrante Principal 1C - Primeiro Concelebrante 2C Segundo Concelebrante 3C - Terceiro Concelebrante 4C - Quarto Concelebrante CC - Concelebrante

ORAÇÃO EUCARÍSTICA II

 

101.

—      O Senhor esteja convosco.

—      Ele está no meio de nós.

—      Corações ao alto.

—      O nosso coração está em Deus.

—      Demos graças ao Senhor, nosso Deus.

—      É nosso dever e nossa salvação.

Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação dar-vos graças, sempre e em todo o lugar, Senhor, Pai santo, Deus eterno e todo-poderoso, por Cristo, Senhor nosso.

Ele é a vossa palavra viva, pela qual tudo criastes. Ele é o nosso Salvador e Redentor, verdadeiro homem, concebido do Espírito Santo e nascido da Virgem Maria.

Ele, para cumprir a vossa vontade e reunir um povo santo em vosso louvor, estendeu os braços na hora da sua paixão, a fim de vencer a morte e manifes¬tar a ressurreição.

Por ele, os anjos celebram vossa grandeza e os san¬tos proclamam vossa glória. Concedei-nos tambem a nós associar-nos a seus louvores, cantando (dizendo) a uma só voz:

— Santo, Santo, Santo...

102.   O sacerdote, de braços abertos, diz:

CP Na verdade, ó Pai, vós sois santo e fonte de toda santidade.

103.   Une as mãos e as estende sobre as oferendas, dizendo:

CC Santificai, pois, estas oferendas, derramando sobre elas o vosso Espírito,

Une as mãos e traça o sinal da cruz sobre o pão e o cálice ao mesmo tempo, dizendo:

a fim de que se tornem para nós o Corpo e + o Sangue de Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso.

O povo aclama:

Santificai nossa oferenda, ó Senhor!

O sacerdote une as mãos.

104.   Nas fórmulas que se seguem, as palavras do Senhor sejam proferidas de modo claro e audível, como requer a sua natureza.

Estando para ser entregue e abraçando livremente a paixão,

Toma o pão, mantendo-o um pouco elevado sobre o altar, e prossegue:

ele tomou o pão, deu graças,   e o partiu e deu a seus discípulos, dizendo:

Inclina-se levemente

TOMAI, TODOS, E COMEI: ISTO E O MEU CORPO, QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS.

Mostra ao povo a hóstia consagrada, coloca-a na patena, fazendo genuflexão para adorá-la.

105.   Então prossegue:

Do mesmo modo, ao fim da ceia,

Toma o cálice nas mãos, mantendo-o um pouco elevado sobre o altar, e prossegue:

ele tomou o cálice em suas mãos, deu graças novamente, e o deu a seus discípulos, dizendo:

Inclina-se levemente

TOMAI.TODOS, E BEBEI: ESTE É O CÁLICE DO MEU SANGUE, O SANGUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA, QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E POR TODOS PARA REMISSÃO DOS PECADOS. FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM.

Mostra o cálice ao povo, coloca-o sobre o corporal, e faz genuflexão para adorá-lo.

106.   Em seguida, diz:

Eis o mistério da fé!

O povo aclama:

— Anunciamos, Senhor, a vossa morte e proclamamos a vossa ressurreição. Vinde, Senhor Jesus!

Ou:

— Todas as vezes que comemos deste pão e bebemos deste cálice, anunciamos, Senhor, a vossa morte, enquanto esperamos a vossa vinda!

Ou:

Salvador do mundo, salvai-nos, vós que nos libertastes pela cruz e ressurreição.

107. O sacerdote, de braços abertos, diz:

CC Celebrando, pois, a memória da morte e ressurreição do vosso Filho, nós vos oferecemos, ó Pai, o pão da vida e o cálice da salvação; e vos agradecemos porque nos tornastes dignos de estar aqui na vossa presença e vos servir.

O povo aclama:

— Recebei, ó Senhor, a nossa oferta!

E nós vos suplicamos que, participando do Corpo e Sangue de Cristo, sejamos reunidos pelo Espírito Santo num só corpo.

O povo aclama:

—      Fazei de nós um só corpo e um só espírito!

1C Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja que se faz presente pelo mundo inteiro: que ela cresça na caridade, com o papa N., com o nosso bispo N. * e todos os ministros do vosso povo.

O povo aclama:

— Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja!

Nas missas pelos fiéis defuntos pode-se acrescentar:

Lembrai-vos do vosso filho (da vossa filha) N., que (hoje) chamastes deste mundo à vossa presença. Concedei-lhe que, tendo participado da morte de Cristo pelo batismo, participe igualmente da sua ressurreição.

* Aqui pode-se fazer a menção dos Bispos Coadjutores ou Au-xiliares, conforme vem indicado na Instrução Geral sobre o Missal Romano, n. 109.

O povo aclama:

—      Concedei-lhe contemplar a vossa face!

2C Lembrai-vos também dos (outros) nossos irmãos e irmãs que morreram na esperança da ressurreição e de todos os que partiram desta vida: acolhei-os junto a vós na luz da vossa face.

O povo aclama:

—      Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos filhos!

3C Enfim, nós vos pedimos, tende piedade de todos nós e dai-nos participar da vida eterna, com a Virgem Maria, Mãe de Deus, com os santos Apóstolos e todos os que neste mundo vos serviram, a fim de vos louvarmos e glorificarmos

Une as mãos:

por Jesus Cristo, vosso Filho,

o povo aclama:

—      Concedei-nos o convívio dos eleitos!

108. Ergue o cálice e a patena com a hóstia, dizendo:

CP ou CC Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a vós, Deus Pai todo-poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória, agora e para sempre.

O povo aclama:

—      Amém.

Segue o rito da comunhão

 

PÁGINA INICIAL ORAÇÕES